Como fazer o visto para morar em Portugal

Aliados, Porto - Portugal. Foto: AMANDA CORRÊA (@dandabnu).

Aliados, Porto – Portugal. Foto: AMANDA CORRÊA (@dandabnu).

Olá pessoal! Tudo bem? Muita gente tem me perguntado como conseguir um visto para morar em Portugal. Então hoje vou explicar as maneiras possíveis de se viver aqui na terrinha, ou para os mais íntimos no “pedacinho do céu”. Você deve planejar sua viagem com muita antecedência, pois o prazo para aprovação do pedido de visto é de, no mínimo, 30 dias. E ele pode não ser aprovado. Então você precisa ter tempo para imprevistos. Antes de comprar sua passagem, vá ao Consulado de Portugal. Há vários tipos de Visto de residência para morar Portugal. Confira:

1) Visto de residência para atividade profissional subordinada:

Para profissionais que recebem propostas de emprego. Por exemplo, se você é programador e manda seu currículo para uma empresa de Tecnologia da Informação (TI) em Portugal, a empresa seleciona você e quer te contratar. A empresa manda uma carta convite dizendo que quer ter você na equipe. A partir daí vou listar o que é preciso para dar entrada no visto no Consulado: Contrato de trabalho ou promessa de contrato de trabalho. Passaporte com validade superior a 3 meses. Possuir meios de subsistência suficientes para o período (pode ser declaração de Imposto de Renda seu ou de seus pais, extratos bancários, etc).

2) Visto de residência para atividade profissional independente ou para imigrantes empreendedores:

Para profissionais que tenham contrato ou um proposta escrita de contrato de prestação de serviços de profissões liberais e esteja habilitado a exercer a atividade.

O visto de residência para os imigrantes empreendedores que pretendam investir em Portugal é concedido desde que tenham efetuado operações de investimento ou comprovem possuir meios financeiros disponíveis em Portugal. E que demonstrem a intenção de investir em território português.

Câmara municipal de Braga. Foto: CLÁUDIO ABDO (@ClaudinhoAbdo)

Câmara municipal de Braga. Foto: CLÁUDIO ABDO (@ClaudinhoAbdo)

3) Visto de residência para atividade de investigação ou altamente qualificada:

Para investigação científica em nível de doutoramento, reconhecido pelo Ministério da Educação e Ciência. É preciso de um contrato de trabalho ou promessa de contrato de trabalho ou de uma bolsa de investigação científica.

O visto também é concedido para docentes de ensino superior ou uma atividade altamente qualificada que possuam um promessa de contrato ou de um contrato de prestação de serviços.

Documentos necessários:

• Pedido de visto apresentado no Consulado (ainda no Brasil) impresso e assinado;

• Duas fotografias coloridas iguais, com fundo liso, atualizadas e com boas condições de identificação;

• Passaporte ou outro documento de viagem válido reconhecido;

• Certificado de antecedentes criminais (tira pela internet) no seu país de nacionalidade ou no país que resida há mais de um ano;

• Requerimento para consulta do Registo Criminal português;

• Comprovativo de meios de subsistência (Imposto de renda, extratos bancários, etc.);

Seguro de viagem válido, para cobrir as despesas médicas (no Brasil há o seguro gratuito, que é o PB4, do Ministério da Saúde).

Documentos específicos:

• Documento que comprove que foi admitido para ser investigador em um centro de investigação, reconhecido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: promessa ou contrato de trabalho; ou proposta escrita ou contrato de prestação de serviços; ou bolsa de investigação científica.

Para docentes de ensino superior ou de atividade altamente qualificada, deverá ser apresentada: adequada promessa ou contrato de trabalho; ou adequada proposta escrita ou contrato de prestação de serviços.

4) Visto de residência para estudo, intercâmbio de estudantes, estágio profissional ou voluntariado:

É necessário passaporte com validade de pelo menos a duração prevista da estada. Se for menor de idade é necessário autorização dos pais. Ter o comprovante de matrícula da instituição, ou termo de aceite. Para estágios é necessário um documento da empresa afirmando que você foi aceito.

5) Visto de residência de reagrupamento familiar:

Se você vier estudar ou trabalhar em Portugal, você poderá trazer esposa/marido e filhos. Eles entram como reagrupamento familiar. Também é necessário fazer o pedido no Consulado ainda no Brasil.

Consulados de Portugal no Brasil:

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte e Belém.

Informações úteis:

http://www.embaixadadeportugal.org.br

http://www.sef.pt/

Siga o Blog no Facebook: https://www.facebook.com/livrodeviagenseuropa

Siga o Blog no Instagram: https://instagram.com/bloglivrodeviagens/

*Reprodução da fotos permitida mediante crédito.

Anúncios

15 comentários sobre “Como fazer o visto para morar em Portugal

  1. Eu trabalho como tradutora pela internet e gostaria de morar em Portugal, tem algum visto pro meu caso? Eu posso trabalhar em qualquer parte do mundo, só preciso de um computador e acesso a internet. Obrigada.

    Curtir

  2. Olá, parabéns pelo post, muito esclarecedor.
    Tenho uma dúvida que não encontro em lugar algum, se puder me ajudar, te agradeço muito:
    Procuro um modelo da tal proposta ou promessa de emprego por uma empresa portuguesa bem como os demais procedimentos que a empresa deve tomar para enviar a proposta a alguém que more no Brasil.
    Um abraço.

    Curtir

  3. Olá Boa tarde sou de João Pessoa PB como faço para ir para Portugal o que realmente precisa tenho filha e minha ex mulher também vai pois o namorado dela é português …onde eu pego ou faço esse visto …

    Curtir

  4. Olá Amanda! Sou Diogo Francisco dos santos. Pretendo ir para Portugal, meus bisavós são italianos eu conseguiria tirar minnha cidadania italiana e morar em Portugal mas infelizmente meus avós não registraram minha mãe que por sua vez se registrou com uns 12 anos e só pode colocar na certidão de nascimento o nome da mãe pois seu pai já era falecido, e quem descende de italianos é meu avô logo, houve uma quebra de descendência 😦 . Mas tudo bem bola pra frente! Me tire umas dúvidas por favor ? Eu estou me formando em engenharia civil e minha namorada é contadora, haveria a possibilidade de entrarmos com o visto de estudante para fazer mestrado e conseguirmos um trabalho e conseguirmos o visto de trabalho? E por quanto tempo é o visto de trabalho, como funciona se vc perde ou muda de emprego? Tem como conseguir a cidadania portuguesa por tempo de trabalho no país ou uma outra forma?

    Desde já grato

    DIOGO FRANCISCO DOS SANTOS

    Curtir

  5. Oi Amanda, gostaria de saber se como cidadão Europeu com Cidadania Italiana há mais de 5 (cinco) anos, se posso morar em Portugal com minha companheira, sem ela ter a necessidade de tirar qualquer tipo de visto, não somos casados oficialmente, porém vivemos em união estável há mais de trinta anos e temos escritura de união estável feita em cartório no ano de 2007.

    Curtir

  6. Boa Noite,
    Tenho um filho que trabalha na Espanha e gostaria de ficar mais próximo. Estive pensando em me mudar para Portugal. Sou aposentado e tenho uma otima renda. Como seria possivel adquirir um visto de residencia permanente para Portugal?????

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s