As Termas romanas de Maximinos em Braga

Termas de Maximinos. Foto: Manuel Anastácio.

Termas de Maximinos. Foto: Manuel Anastácio.

A cidade de Braga em Portugal é repleta de ruínas romanas e muita história (como já mostrei nesse post). Braga tem mais de 2.000 anos de história e por toda cidade é possível visitar verdadeiros museus a céu aberto. Antigamente, o município se chamava Bracara Augusta.
As Termas romanas de Maximinos foram descobertas apenas no ano de 1977. Termas romanas são chamados espaços destinados a banhos públicos. Os banhos tinham várias finalidades, como higiene corporal e terapia com água (estilo águas termais).

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Segundo os pesquisadores, as termas do Alto da Cividade foram construídas nos inícios do século II, juntamente com um teatro anexo, situando-se perto do fórum administrativo de Bracara Augusta. Classificadas como Monumento Nacional, as termas, tal como o teatro, estão localizadas em uma área arqueológica vedada e protegida.

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Reconhecida a sua importância arqueológica, as escavações prosseguiram até 1980, tendo sido interrompidas e retomadas já nos anos 90. O estudo do monumento foi dado por concluído no final de 1999. Tal como aconteceu com quase todas as termas públicas do mundo romano, o balneário do Alto da Cividade sofreu várias remodelações, tendo pelo menos quatro fases na sua evolução arquitetônica até ao seu abandono entre finais do século IV e início do século V.

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Termas de Maximinos. Foto: Amanda Corrêa.

Serviço:
O quê: Termas romanas de Maximinos (ou Termans romanas do Alto da Cividade).
Onde: Rua Dr. Rocha Peixoto, 4700 Braga, Portugal.
Horário de visitação: terça a sexta das 9h às 13h e das 14h às 18h, sábados e domingos das 10h às 17h. Fechado às segundas e feriados.
Preços: € 1,85 (normal), € 0,95 (portadores de cartão Jovem, aposentados, estudantes e professores, visitantes com mais de 65 anos, portadores de deficiência, famílias com dois filhos, famílias numerosas).
Gratuito: aos domingos até às 14h, crianças até aos 14 anos, investigadores, jornalistas e profissionais de turismo.
Site: http://bit.ly/1PJq8ri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s